Imagem capa - A fotografia de parto não é para você? por Essenziale Design Fotografia
BebêGestação

A fotografia de parto não é para você?


FOTOGRAFIA de Parto: não são apenas imagens dos genitais femininos; não é apenas um instinto excessivamente zeloso que quer compartilhar seu nascimento na família com o mundo; não é apenas um punhado de fotos que as pessoas montam para fazer um álbum para uma mesa de café, ou confraternização (cada dia mais difícil nos dias atuais).


- Sim! Algumas mulheres que acabaram de ter um bebê estão pedindo diretamente aos fotógrafos que não tirem fotos de sua anatomia feminina.

 

- Sim! Nem todas as mulheres que têm fotos de parto gostam de compartilhá-las on-line.

 

- Sim! As pessoas normalmente não fazem um álbum com fotos de um parto para que os visitantes possam vê-las bebendo leite ou uma cervejinha. 


Uma foto do momento do nascimento é uma ferramenta. Registrar um parto é um método de cura. Ouso dizer que a foto de um nascimento é sagrada!


Penso que o maior equívoco nas fotos de nascimento, é se julgar que se trata apenas de um monte de fotos de uma mulher que sofre muito, que mostra o corpo, de um monte de sangue e de um bebê que precisa de um banho (é chocante, porém já ouvimos algo parecido em pleno Hospital São Luiz São Caetano…)



Foto do primeiro sorriso do bebê, em parto realizado no Hospital São Luiz - Rede D'or


Realmente fotografia de parto não é para todos. Como fotógrafa de partos, não estou dizendo que tem que ser obrigatório e que todo nascimento tem que ser documentado. Tudo o que eu quero é que as pessoas que vão apagá-la sem pensar na possibilidade ou mesmo hesitar, possam se acalmar por um momento e ouvir os benefícios da fotografia ao nascer, bem como ouvir como ela afeta positivamente a mãe quando a mesma olha para estas fotos.


Para as gestantes que têm a sorte de viver um parto 100% sem complicações, a fotografia de nascimento é como uma ferramenta que essas Mamães podem utilizar para compartilhar suas experiências. Elas veem imagens que evocam emoções e “pedaços de tempo” que elas honestamente esqueceram! Ouço frequentemente as mulheres que fotografaram o parto dizerem: "Esqueci esta parte" ou "Eu nem sabia que tinha acontecido!”


Sabia que registrar um nascimento também pode ser uma ótima maneira de estimular a produção de leite!? Foi comprovado que olhar para fotos do bebê enquanto ele se alimenta ou se expressa ajuda a facilitar o fluxo de leite. Tive também relatos de Mães que reviam as imagens enquanto alimentavam seus filhos, e confessaram que era como mágica!


Naturalmente, a fotografia de nascimento também é usada pelas mulheres para lembrar e refletir sobre o dia: você às vezes não folheia suas fotos e olha para todas as suas antigas? Você não olha para suas fotos de casamento e todas essas emoções voltam como se você estivesse de volta no momento? Por que é tão estranho para uma mulher olhar para trás na época em que deu à luz seu filho e sentir todo esse amor e emoção novamente?


E quanto àqueles dias exaustivos... é como se eu estivesse tendo um déjà-vu... Imagine uma bebê de sete meses, que após raramente dormir, por ter sérios problemas com cólicas; não mais que de repente, começa a chorar irritada e em pouco tempo se percebe que tudo isso é porque temos 6 dentinhos “despontando” de uma vez: essa situação me testa até limites absolutos... Quando vou para a cama à noite e olho para suas fotos, isso me ajuda a me reconectar com o amor que sinto por ela. Isso me ajuda a esquecer o dia (que dia!) que acabei de ter. Isso me ajuda a me rejuvenescer e a recuperar meus pensamentos antes de um novo dia, quando é provável que eu atinja meus limites novamente e queira jogar minha filha no colo de quem diz que minha exaustão é frescura! (alguma Mamãe já passou por algo parecido?) 



Após o falecimento de seu primeiro filho após 10 dias do nascimento, os agora Papais da Pérola, fotografam sua recém-nascida!



Sim, a fotografia é uma ferramenta poderosa. Como você pode negar isso?


Bem... para mulheres cujo parto não está indo de acordo com o planejado; para mulheres traumatizadas; para as mulheres que não podem trazer para casa um bebê saudável... A fotografia de parto se eleva a um nível totalmente novo: o nível de terapia. Um nível de consciência do que elas merecem... um nível que já ajudou e continua ajudando tantas mulheres a quebrar o círculo vicioso da depressão pós-parto.


Para algumas mulheres, suas experiências de nascimento estão repletas de escolhas que elas não poderiam ter imaginado: Indução, terapia epidural, fórceps, secção C (a conhecida Cesárea), procedimentos de emergência... As mulheres tomam tais decisões em meio a muita dor, de modo que a experiência pode ser muito difusa para elas. Para estas mulheres, a fotografia do nascer de seus filhos também pode ser uma ferramenta muito poderosa. Para superar uma tristeza incrível, para superar traumas, para superar dúvidas.


E as mães e os pais que não trazem para casa o seu pequeno pacote? Quem dá à luz sabendo que está tendo um bebê que não mais vive? Você pode se colocar no lugar deles por um minuto? Você consegue imaginar ter um bebê e não ter uma única foto? Você não tem fotos do rosto bonito dele? Só de me colocar no lugar de alguém que perdeu um bebê, já “me corta o coração”.


E sim, eu entendo: Ainda não é para todos. As pessoas sofrem de tantas maneiras diferentes... Mas se você ainda acha que a fotografia do parto não é para você... pode pelo menos ser compassivo o suficiente para entender POR QUE as pessoas acham que é importante para sua experiência ter fotos de seu parto?


A fotografia de partos está lentamente se tornando mais popular... e desde que entrei na indústria, tive muitas discussões com pessoas sobre o assunto e algumas vezes preferi não demonstrar todo valor dessa experiência, para quem apenas buscava um “leilão de preços” e acabou pagando R$ 500,00 por 26 fotos e 1 vídeo de 2 minutos. Suponho que foi isso que me levou a escrever a esse respeito: certa frustração.


Estou alheia às pessoas que não querem ter a mente aberta sobre isso. Que nem sequer dão 2 segundos para pensar. Que consideram isso “esquisito” e não conseguem superar seus próprios medos. A fotografia do parto é uma coisa incrível!



Depoimento - cliente Vanessa: Parto realizado no Hospital Nipo-Brasileiro - São Paulo/SP


Estou muito orgulhosa de prestar esse serviço às mulheres. Ouvir que ajudei a curar as lutas e dúvidas das mulheres é, sem dúvida, a coisa mais incrível que conquistei em minha carreira como até agora e serei eternamente grata pelas mulheres que me permitem fazer parte de sua jornada de nascimento!


Então, eu te pergunto... Você tirou algo deste Post carregado de emoção de uma fotógrafa de partos, que só nas últimas 48 horas já eternizou 3 Lindas Histórias de Família, graças ao Registro de Parto... e além disso também é mãe?


Espero que sejam apenas três ou quatro minutos do seu dia para sentir empatia e entender porque as pessoas escolhem a fotografia de parto.


Você certamente não precisa concordar com isso. Mas apenas seja um ser humano gentil e compreensivo. E respeite as decisões das mulheres que dão à luz!